20 de abr de 2011

Ao vivo, de um ninho em Nova Iorque

Internautas podem acompanhar em tempo real o nascimento de filhotes dos pássaros da espécie búteo-de-cauda-vermelha nos Estados Unidos

Juliana Marques

Pousados sob um das janelas do 12º andar da Biblioteca Bobst, no edifício da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, um casal de aves de rapina da espécie búteo-de-cauda-vermelha (Buteo jamaicensis) começaram a reunir os primeiros gravetos. Eles são minuciosos, e logo um ninho semelhante a uma guirlanda toma forma.  Violet e Bob – como o casal já ficou conhecido pelos universitários – agora dividem o lar com três ovos que eclodirão em breve.

Para acompanhar a rotina das aves e mostrar ao vivo o nascimento dos pequeninos, o jornal New York Times instalou uma câmera na janela e a conectou na internet. Com isso, pessoas do mundo inteiro podem acompanhar a rotina de Violet e Bob, que de acordo com o jornal, terão a companhia de jovens búteos no dia 22 de abril.

Os búteos-de-cauda-vermelha são pássaros comuns nos Estados Unidos e em todo a América do Norte. Lá são chamados de red tailed hawk – falcões de cauda vermelha. Como as famosas águias, eles são aves de rapina e por isso, carnívoros. Entre seus pratos prediletos, camundongos e esquilos. O dimorfismo – fator que determina a diferenciação dos gêneros – está no tamanho: os machos são cerca de um 1/3 menores que as fêmeas.

Búteo-de-cauda-vermelha (Buteo jamaicensis) são aves de rapina encontrados em toda a América do Norte e na Europa. Eles habitam tanto florestas quanto grandes cidades. Foto: Wikimedia Commons.

No ninho da Biblioteca em Nova Iorque, Violet é quem passa a maior parte do tempo chocando os ovos. No fim do dia, Bob toma seu lugar e ela voa por Manhattan em busca de presas. Ao longo da transmissão ao vivo é possível ver de perto todos os cuidados dos pais com os futuros filhotes. Todos aguardam ansiosos a chegada dos pequenos falcões.

Para também acompanhar a família de falcões em Nova Iorque, acesse o endereço: http://cityroom.blogs.nytimes.com/2011/04/06/hawk-cam-live-from-the-nest/

É possível também receber notícias do nino via Twitter. Basta seguir: @NYURedtailHawks